carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

PIB crescerá 4,5% em 2009 e eu 'não costumo errar', diz Lupi

Previsão do ministro do Trabalho supera otimismo de Lula e está mais de 1 ponto acima da estimativa do BC

Gerusa Marques, da Agência Estado,

22 de dezembro de 2008 | 16h42

O ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi, superou o otimismo até mesmo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e previu que a economia crescerá 4,5% no próximo ano. "Não costumo errar", disse o ministro ao ser questionado sobre o fato de a sua previsão superar a expectativa do Banco Central e a do próprio presidente Lula. "O brasileiro continua acreditando no Brasil", disse Lupi, prevendo que as compras de Natal serão 10% maiores que as registradas em 2007.  Veja também:Lula reforça otimismo e prevê crescimento de 4% em 2009PIB de 4% em 2009 é objetivo do governo, diz MeirellesRelatório do BC prevê crescimento de 3,2% do PIB em 2009Desemprego, a terceira fase da crise financeira globalDe olho nos sintomas da crise econômica Dicionário da crise Lições de 29Como o mundo reage à crise   Nesta segunda, Lula reafirmou que o governo e a equipe econômica trabalham com um crescimento de 4% do PIB em 2009. "O Brasil vai continuar crescendo, naturalmente, não os 6% ou 7% como eu gostaria, mas, podemos crescer 4% e o governo e a equipe econômica vão trabalhar com essa perspectiva." A estimativa é mais otimista que a do Banco Central, divulgada nesta segunda, de 3,2%.  Reforçando essa idéia, o presidente admitiu que "se houvesse um concurso para eleger o homem mais otimista do mundo, eu estaria entre eles. No Brasil sou criticado porque acham que eu deveria chorar a crise, mas, sou o maior estimulador do crescimento, peço para comprar, exportar, porque isso que faz tocar a economia."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.