finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

PIB da Alemanha cresce 3,6% em 2010, maior alta desde a reunificação

Puxada pelas exportações, a economia alemã avançou 0,4% no 4º trimestre

Cynthia Decloedt, da Agência Estado,

24 de fevereiro de 2011 | 07h30

O Escritório Federal de Estatísticas da Alemanha, Destatis, confirmou sua estimativa anterior de crescimento da economia de 0,4% no quarto trimestre em relação ao terceiro trimestre e de 4% frente ao quarto trimestre de 2009.

Em 2010, a economia alemã expandiu-se 3,6%, em termos ajustados à inflação, afirmou o escritório. Foi o maior crescimento desde o boom registrado após a reunificação no início de 1990.

A maior parte do crescimento foi resultado das exportações líquidas, que tiveram a maior contribuição no PIB no quarto trimestre, enquanto o consumo privado e estatal diminuíram. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
alemanhapibcrescimentoreunificação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.