Carlos Barria/Reuters
Carlos Barria/Reuters

PIB da China cresce 6,7% no 1º trimestre, menor alta desde 2009

Economia chinesa desacelerou no começo do ano, indicando que o governo precisa tomar medidas para impulsionar o crescimento

O Estado de S.Paulo

14 de abril de 2016 | 23h34

A economia chinesa desacelerou ainda mais no começo do ano, de acordo com dados oficiais divulgados nesta sexta-feira (horário local), na mais nova indicação de que o governo pode precisar tomar mais medidas para impulsionar o crescimento. 

O produto Interno Bruto (PIB) da China cresceu 6,7% no primeiro trimestre de 2016, na comparação com o mesmo período do ano passado, segundo o Escritório Nacional de Estatísticas. O número veio em linha com a média de crescimento prevista por 14 economistas consultados pelo The Wall Street Journal. No quarto trimestre de 2015, a economia chinesa cresceu 6,8%.

Foi a expansão trimestral mais lenta para a China desde o primeiro trimestre de 2009, quando a economia cresceu 6,2%, na comparação com o mesmo período do ano anterior.

O banco central chinês cortou sua taxa de juros em seis ocasiões desde novembro de 2014, em um esforço para impulsionar a economia. O governo também acelerou projetos de infraestrutura e entrou com medidas para diminuir os fardos financeiro e fiscal das empresas do país. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
ChinaPIB

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.