Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

PIB da China cresce 9,7% no primeiro trimestre

A economia chinesa cresceu 9,7% no primeiro trimestre do ano em relação ao mesmo período do ano passado, para 2,711 trilhões de iuans (US$ 327,4 bilhões), refletindo elevado nível de investimentos e aquecimento na demanda interna, segundo os números divulgados pelo escritório nacional de estatísticas. A variação do PIB entre janeiro e março superou as estimativas de expansão de 9,2%. O crescimento foi em grande parte alimentado por aumento de 10,7%, em base não-ajustada, nas vendas do varejo em comparação ao mesmo trimestre do ano passado, para 1,283 trilhão de iuans (US$ 154,9 bilhões). O aumento foi de 9,2%, com dedução de fatores de preço. Os investimentos em ativos fixos no primeiro trimestre dispararam 43% em comparação a 2003 na China, para 879,9 bilhões de iuans (US$ 106,27 bilhões), segundo relatório sobre o PIB do período. O número ilustra a preocupação demonstrada pelo governo recentemente sobre a perspectiva de bolhas de produção, causadas por capacidade excessiva, em consequência dos pesados investimentos no setor industrial, incluindo aço, materiais de construção e automobilístico. Em março os investimentos saltaram 43,5% frente ao primeiro trimestre do ano passado, para 377,1 bilhões de iuans (US$ 45,54 bilhões). A produção industrial cresceu 17,7% no trimestre frente ao mesmo trimestre de 2003 e avançou 19,4% em março, superando o consenso de alta de 16,5% do mercado. InflaçãoO relatório sobre o PIB chinês do primeiro trimestre mostra que o índice de preços ao consumidor subiu 2,8% no período, 2,3 pontos percentuais acima da variação registrada no mesmo trimestre de 2003. Somente em março, o índice de preços ao consumidor avançou 3%. Os números aumentam as preocupações dos analistas de pressão inflacionária. Em 2003, o índice subiu 1,2%, em termos anuais. O governo chinês espera alta de 3% no CPI em 2004. As informações são da Dow Jones.

Agencia Estado,

15 de abril de 2004 | 11h11

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.