Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

PIB da Espanha cai 4,1% e supera recessão dos anos 70

Segundo trimestre de 2009 foi o quarto consecutivo em que a economia espanhola sofreu contração

Nathália Ferreira, da Agência Estado,

14 de agosto de 2009 | 08h28

O ritmo de contração da economia da Espanha diminuiu no segundo trimestre em relação ao primeiro, mas a queda do Produto Interno Bruto (PIB) em comparação ao segundo trimestre de 2008 foi a maior desde os anos 1970, segundo dados do Instituto Nacional de Estatísticas. O PIB caiu 1% no segundo trimestre ante o primeiro e recuou 4,1% ante igual intervalo do ano passado, segundo a agência Dow Jones.

 

No primeiro trimestre, o PIB caiu 1,9% em base trimestral e 3% em termos anuais.

 

O segundo trimestre foi o quarto consecutivo em que a economia espanhola sofreu contração, já que as condições financeiras difíceis provocaram o colapso do mercado imobiliário do país.

 

Os dados preliminares do instituto de estatísticas são levemente piores do que a estimativa feita pelo Banco da Espanha em 30 de julho, que previa um declínio do PIB de 0,9% em base trimestral e queda de 4% em termos anuais.

Tudo o que sabemos sobre:
PIBEspanha

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.