PIB da Grécia cai e o de Portugal fica estável

Dois dos países que estão no centro das dificuldades da economia europeia, a Grécia registrou retração nos últimos três meses do ano passado, enquanto Portugal apresentou estabilidade. Segundo informou hoje o Serviço Nacional de Estatísticas da Grécia, o Produto Interno Bruto (PIB) do país caiu 0,8% no quarto trimestre do ano passado, em comparação com o terceiro trimestre, quando havia registrado contração de 0,5%. Em relação ao quarto trimestre de 2008, o PIB grego caiu 2,6%, após declínio de 2,5% no terceiro trimestre.

DANIELLE CHAVES E CYNTHIA DECLOEDT, Agencia Estado

12 de fevereiro de 2010 | 09h23

A atividade econômica na Grécia tem se desacelerado desde o começo de 2008, ano em que a economia cresceu a uma taxa de 2,9%, depois de ter registrado expansão de 4% em 2007. Em todo o ano passado, a economia grega teve 2% de contração, um resultado pior que a previsão do governo, de 1,5% de declínio.

Já Portugal, graças a um aumento das exportações, registrou um PIB estável no quarto trimestre, em comparação ao terceiro trimestre. Em relação ao quarto trimestre de 2008, houve queda de 0,8%.

Em 2009, a economia registrou contração de 2,7% em relação ao ano anterior, segundo a prévia do Instituto Nacional de Estatísticas. No terceiro trimestre, a economia portuguesa cresceu 0,7%, em relação ao trimestre anterior, e recuou 2,5%, na comparação com o mesmo período do ano anterior. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
crise, PIB, Grécia, Portugal

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.