PIB da indústria cai 1,5% no 2º trimestre

Setor teve a maior queda desde o 2º trimestre de 2012; atividade de transformação e construção civil puxaram PIB industrial para baixo

Yolanda Fordelone, O Estado de S. Paulo

29 de agosto de 2014 | 09h09

A indústria foi um dos destaques negativos do Produto Interno Bruto (PIB) do segundo trimestre anunciado nesta sexta-feira, 29. O PIB registrou queda de 0,6% no segundo trimestre em relação ao primeiro trimestre, enquanto a indústria teve baixa de 1,5%, a maior queda desde o segundo trimestre de 2012. 

Foi a quarta baixa seguida da indústria. Entre os três setores que compõe o PIB (indústria, serviços e agropecuária), a produção da indústria teve o pior desempenho. Em valores, o PIB da indústria somou R$ 255 bilhões no segundo trimestre. A título de comparação, no último trimestre de 2013, a soma foi de R$ 269 bilhões.

Comparado ao segundo trimestre de 2013, a queda foi de 3,4%. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), os setores de transformação e construção civil tiveram desempenho fraco e prejudicaram o resultado final. A indústria de transformação teve queda de 5,5%, enquanto a construção civil teve baixa de 8,7% no dado do segundo trimestre de 2014 em relação ao segundo trimestre de 2013. 

A queda do PIB da indústria da construção civil, de 8,7%, é a maior desde o primeiro trimestre de 2002, quando o recuo foi de 9,6%. No caso da indústria (-3,4%), foi a maior baixa desde o terceiro trimestre de 2009, quando caiu 6,8%. 

Os destaques negativos foram a indústria automotiva, máquinas e equipamentos, mobiliário, máquinas e aparelhos elétricos. 

Notícias relacionadas
    Tudo o que sabemos sobre:
    indústriaPIB

    Encontrou algum erro? Entre em contato

    Tendências:

    O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.