Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

PIB da Malásia cresce 5,6%. O da Grã-Bretanha, 0,8%

Cinco dias atrás, a França anunciou que seu PIB cresceu 0,2% no terceiro trimestre, e a Coréia do Sul divulgou um crescimento de 5,8% no mesmo período. Hoje há mais um exemplo de como estão muito distantes os ritmos de crescimento das economias dos países ricos e dos países asiáticos em desenvolvimento. A Grã-Bretanha anunciou que o PIB Grã-Bretanha cresceu apenas 0,8% no terceiro trimestre. No mesmo período, o da Malásia cresceu 5,6%. Naturalmente, as base da economia de cada um dos países são totalmente díspares. O volume do PIB das duas nações desenvolvidas, França na semana passada, e Grã-Bretanha hoje, é muitíssimo maior que o do PIB dos dois países asiáticos. Mas a disparidade do crescimento é grande. A maior economia do mundo, a dos EUA, teve um crescimento mais próximo daquele dos asiáticos do que os de França e Grã-Bretanha: foi de 4%, no terceiro trimestre, segundo os dados revisados divulgados ontem. Grã-BretanhaA produção mais elevada no setor de serviços ajudou a economia britânica a crescer em um ritmo ligeiramente mais acelerado do que o previsto preliminarmente no terceiro trimestre. O Escritório Nacional de Estatísticas (NS, na sigla em inglês) informou que o PIB cresceu 0,8% no terceiro trimestre, na comparação com o trimestre anterior, e 1,8%, em relação ao mesmo período do ano passado, de acordo com a primeira revisão do dado. Inicialmente, o NS havia divulgado crescimento de 0,7% no trimestre e de 1,7% na comparação anualizada. As revisões devem ser comemoradas pelo ministro do Tesouro britânico, Gordon Brown, que fará, no final do dia, seu pronunciamento semestral sobre avaliação do estado da economia. Com essa revisão, a taxa anualizada de crescimento deve aproximar-se da ponta mais baixa das previsões do ministro de que a expansão seria de 2% a 2,5%. A revisão em alta do dado deveu-se, principalmente, à produção mais forte do setor de serviços, que cresceu 0,9% no trimestre, ante a estimativa anterior de expansão de 0,8%. Dentro dessa categoria, a área de serviços de distribuição liderou o crescimento, com aumento de 0,7% no trimestre, bem acima da alta de 0,3% divulgada anteriormente. As despesas domésticas subiram 0,8% no terceiro trimestre, abaixo da expansão de 1,4% do segundo trimestre.Malásia O Produto Interno Bruto (PIB) da Malásia cresceu 5,6%, no ano, no terceiro trimestre de 2002, sustentado pela forte demanda doméstica e pelas exportações, de acordo com dados divulgados pelo Banco Central. O crescimento do terceiro trimestre ficou ligeiramente acima das expectativas do mercado de expansão de 5,5%. O ritmo de crescimento da economia malaia no terceiro trimestre também foi mais acelerado do que a expansão de 3,8% do segundo trimestre e de 1,1% no primeiro trimestre. Os dados do BC não são sazonalmente ajustados. As informações são da Dow Jones.

Agencia Estado,

27 de novembro de 2002 | 10h43

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.