Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

PIB da Rússia vai cair 7,5% em 2009, diz presidente

O Produto Interno Bruto (PIB) da Rússia vai cair 7,5% em 2009, disse o presidente Dmitry Medvedev numa entrevista concedida hoje a um canal de TV estatal, de acordo com uma transcrição divulgada pelo Kremlin. "Esperamos um declínio no PIB de aproximadamente 7,5% este ano", afirmou. Em setembro o primeiro-ministro Vladimir Putin estimou uma queda de 8% ou um pouco menos, depois de previsões iniciais sugerirem um declínio de 8,5%.

AE, Agencia Estado

11 de outubro de 2009 | 10h02

Durante os primeiros oito meses do ano, o PIB russo caiu 10,2% comparado com o mesmo período do ano anterior. As exportações de petróleo, gás natural e outras commodities têm um peso grande na economia russa, que foi atingida em cheio pela crise internacional após anos de crescimento forte.

Medvedev admitiu que um declínio de 7,5% seria "muito sério" e disse que o governo e o Banco Mundial foram pegos de surpresa pelos efeitos severos da crise na economia russa. "No entanto, conseguimos aplicar razoavelmente bem as medidas anticrise para prevenir o pior em termos de desemprego e dos efeitos imediatos da crise no sistema financeiro," explicou.

"Nosso sistema bancário aguentou firme e agora está indo muito bem," completou. Medvedev também disse que o rublo está estável, depois das quedas que sofreu no começo da crise. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
RússiaPIBDmitry Medvedev

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.