PIB da Venezuela registra forte desaceleração em 2013

O Produto Interno Bruto (PIB) da Venezuela cresceu 1,3% em 2013, forte desaceleração frente ao avanço de 5,6% registrado em 2012, informou o Banco Central da Venezuela. Normalmente, a autoridade monetária divulga o resultado do PIB semanas após o fim do ano, mas desta vez os números foram atrasados sem nenhuma explicação.

AE, Agencia Estado

24 de abril de 2014 | 22h48

O banco central também revelou, em outro documento, que o índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) saltou 4,1% em março na comparação com fevereiro. O anúncio foi feito mais de uma semana depois do prazo estipulado por lei e o documento não apresentou informações que são normalmente incluídas, como a taxa de inflação em 12 meses.

Em comunicado, a autoridade monetária culpou o bloqueio de ruas, as ameaças a funcionários do setor de transportes, a ociosidade, os danos à infraestrutura pública e privada e os saques a centros comerciais como os fatores responsáveis pela aceleração inflacionária. O BC da Venezuela alertou que os preços continuarão a ganhar força em abril.

Para Tamara Herrera, economista-chefe da Sintesis Financiera, sediada em Caracas, o número da inflação veio dentro do esperado e confirma que a alta do índice deve encerrar o ano a pelo menos 60%. Ela estimou que a inflação de março, na comparação com o mesmo período do ano passado, alcançou 59,4%.

O banco central também não divulgou o índice que mede a falta de itens básicos no mercado, que nos últimos meses subiu para níveis recordes. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Venezuelapibinflação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.