Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

PIB da zona do euro cai abaixo do esperado no 2º trimestre

Contração de 0,1% indica que economia do bloco atingiu um ponto mínimo e deve se expandir, dizem analistas

MARCÍLIO SOUZA, Agencia Estado

13 de agosto de 2009 | 07h26

O Produto Interno Bruto (PIB) da zona do euro, grupo dos 16 países que adotam o euro como moeda, recuou 0,1% no segundo trimestre deste ano em comparação com o primeiro trimestre e 4,6% ante o segundo trimestre do ano passado, informou a agência de estatísticas para a região, a Eurostat.

 

Veja também:

especialESPECIAL: Dólar, o fim de uma era?

especialAs medidas do Brasil contra a crise

especialAs medidas do emprego

especialDe olho nos sintomas da crise econômica 

especialDicionário da crise 

especialLições de 29

especialComo o mundo reage à crise

A previsão média de analistas era de queda de 0,4% na comparação com o primeiro trimestre e de 5% ante o segundo trimestre do ano passado. No primeiro trimestre, o PIB havia caído 2,5% ante o quarto trimestre e 4,9% ante o primeiro trimestre de 2008.

"Existe uma chance mais do que expressiva de que a atividade econômica da zona do euro atingiu agora um ponto mínimo e vai se expandir novamente no terceiro trimestre, na medida em que muitas economias da zona do euro seguem a Alemanha e a França na saída da recessão", disse o economista Martin van Vliet, do ING, em nota.

 

 "Entretanto, nós tememos que a recuperação seja relativamente lenta e demorada." O segundo trimestre representa a quinta contração trimestral consecutiva do PIB da zona do euro, mas também é a menor queda dessa série.

 

Alemanha e França

 

Os PIBs de França e Alemanha cresceram no segundo trimestre deste ano, o que coloca fim na recessão técnica em duas das maiores economias da Europa antes do esperado por analistas. Entre abril e junho, a taxa foi positiva em 0,3% para ambos os países na comparação com o trimestre anterior, segundo dados oficiais divulgados nesta quinta-feira.

Tudo o que sabemos sobre:
PIBzona do euro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.