PIB da zona do euro deve crescer até 0,4%

Há sinais de recuperação na economia da zona do euro, embora a atividade possa permanecer estagnada pelo segundo trimestre consecutivo nos três meses até setembro, disse a Comissão da União Européia. Segundo a Comissão, a atividade econômica deve ficar estável ou registrar crescimento de até 0,4% no terceiro trimestre, para então obter expansão entre 0,2% e 0,6% no quarto trimestre. As previsões ficaram dentro das estimativas. Economistas de instituições privadas acreditam que, diante destas condições, o Banco Central Europeu reduzirá as taxas de juro na reunião de 4 de setembro. O BCE prevê expansão de 0,7% na zona do euro este ano, no entanto, dizem analistas, seria preciso crescimento próximo a 0,5% no terceiro e quarto trimestre para que a atividade econômica registrasse tal expansão. Ainda, a Alemanha, maior economia da região, entrou tecnicamente em recessão no segundo trimestre, e a Holanda registrou no segundo trimestre a maior contração desde 1983 em sua economia. Analistas acrescentaram que no primeiro semestre o crescimento na zona do euro foi inferior ao registrado pelo Japão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.