PIB da zona do euro fica estável no 2º trimestre

Resultado está abaixo da expectativa, de crescimento de 0,1%; Alemanha anunciou uma retração de 0,2%

O Estado de S. Paulo

14 de agosto de 2014 | 08h34

O Produto Interno Bruto (PIB) da zona do euro no segundo trimestre ficou estável em relação aos três meses anteriores, de acordo com dados publicados nesta quinta-feira pela Eurostat, agência de estatísticas da União Europeia. O resultado veio abaixo das expectativas de crescimento de 0,1%. Na comparação com o segundo trimestre do ano anterior, o PIB do bloco avançou 0,7%, em linha com as previsões dos analistas ouvidos pela Dow Jones Newswires.

A Eurostat também divulgou o dado anualizado do segundo trimestre deste ano, que mostra um crescimento de 0,2%, inferior ao ritmo da leitura anterior. Na divulgação dos dados do janeiro a março, o aumento anualizado do PIB havia ficado em 0,8%.

Os resultados do primeiro trimestre não foram revisados pela Eurostat e se mantêm em alta de 0,2% na comparação com o período imediatamente anterior e crescimento de 0,9% em relação ao mesmos três meses de 2013.

Alemanha. A Alemanha anunciou uma retração de 0,2% economia no segundo trimestre na comparação com os três primeiros meses do ano, de acordo com a primeira estimativa publicada pela agência de estatísticas Destatis. A leitura veio pior do que a economia do que a expectativa dos analistas consultados pela Dow Jones Newswires, que era de recuo de 0,1%.

Na comparação anual, o PIB da Alemanha cresceu 1,2% entre abril e junho deste ano, pior do que a previsão de avanço de 1,4% esperado pelos analistas ouvidos pela Dow Jones Newswires.

O Destatis também revisou o crescimento do primeiro trimestre ante os três meses anteriores, de alta de 0,8% para avanço de 0,7%. Na comparação anual, a revisão mostrou que o PIB avançou 2,2% na comparação anual, de 2,3% na leitura passada. 

França. A economia da França registrou estabilidade pelo segundo trimestre consecutivo entre os meses de abril e junho de 2014, na comparação com os três primeiros meses deste ano, de acordo com a agência de estatísticas Insee. Economistas consultados pela Dow Jones Newswires estimavam uma ligeira alta de 0,1%.

Na comparação com o mesmo período do ano anterior, o crescimento do PIB da França foi de 0,1% no segundo trimestre, ante uma expectativa de subida de 0,3%.

Portugal. O PIB de Portugal subiu 0,8% no segundo trimestre de 2014 ante o mesmo período do ano anterior, segundo dados preliminares divulgados hoje pelo Instituto Nacional de Estatística (INA). Na comparação mensal, o PIB português avançou 0,6% nos três meses de abril a junho deste ano, ante medições de janeiro a março de 2014.
Tudo o que sabemos sobre:
zona do euroPIB2º trimestre

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.