Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

PIB da zona do euro registra estagnação

A economia da zona do euro registrou crescimento zero no primeiro trimestre, na comparação com o trimestre anterior, mostrando o pior desempenho em quase dois anos, de acordo com dado estimado pelo Instituto de Estatísticas da União Européia (Eurostat). O dado foi compilado com base nas informações divulgadas hoje pela Alemanha e Itália, que registraram contrações de 0,2% e 0,1%, respectivamente, de suas economias no primeiro trimestre.Também foram considerados os números da Grécia e da Holanda, cujas taxas de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) mostraram crescimento de 2,9% e contração de 0,3%, respectivamente. O desempenho do PIB ficou abaixo das estimativas dos analistas de que houvesse expansão de apenas 0,2% no trimestre. Mas a estimativa da Eurostat evidenciou um impacto maior do fraco crescimento da demanda doméstica e da queda das exportações, em razão do euro forte. Pela primeira vez, a Eurostat publicou sua estimativa para o PIB 45 dias antes do fim do trimestre. Anteriormente, a Eurostat levava entre 65 e 70 dias para compilar os primeiros dados sobre o PIB do trimestre anterior.

Agencia Estado,

15 de maio de 2003 | 08h37

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.