Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

PIB de São Paulo cresce 0,4% em 2020 puxado pelo setor de serviços

O governado João Doria comparou o resultado diversas vezes à queda 4,1% do PIB nacional

Eduardo Laguna, O Estado de S.Paulo

04 de março de 2021 | 13h25

O governo de São Paulo anunciou nesta quinta-feira, 4, que a economia do Estado cresceu 0,4% no ano passado. Em cerimônia com o governador João Doria e o secretário estadual da Fazenda, Henrique Meirelles, o desempenho paulista foi por diversas vezes comparado à queda de 4,1% do Produto Interno Bruto (PIB) nacional em 2020.

Doria destacou que o crescimento do PIB de São Paulo aconteceu em meio à “fortíssima” queda da economia nacional e mundial. “Enquanto o PIB do Brasil caiu 4,1%, o PIB de São Paulo teve crescimento de 0,4%”, comentou o governador, que na quarta-feira, 3, classificou como um “fiasco completo” o resultado do PIB do País.

Meirelles chamou de “excepcional” o desempenho do Estado em meio às consequências na economia como um todo causadas pela maior crise sanitária da história.

Responsável por 77% do PIB do Estado, o setor de serviços e tecnologia cresceu 1,8% e, ao compensar as quedas na agropecuária (1,7%) e indústria (2,9%), puxou o resultado do ano passado.

O secretário citou as tecnologias de comunicação e de informação, junto com os serviços financeiros e atividades imobiliárias, entre os setores que deram contribuição positiva. Ele também relacionou o crescimento ao trabalho de atração de investimentos, incluindo para concessões, iniciado no primeiro ano de mandato do governo Doria.

“São Paulo já tinha crescido em 2019 mais do que a economia brasileira e entrou forte em 2020 […] O Estado caiu menos do que a média (no choque da pandemia), subiu mais rápido e terminou o ano com crescimento positivo”, disse o secretário.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.