PIB deve avançar 1,4% em 2014, diz Fiesp/Ciesp

Previsão da Federação e do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp/Ciesp) aponta que o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro deve avançar 1,4% em 2014. Para chegar a este resultado, a estimativa considerou a elevação da taxa doméstica de juros, a desaceleração do consumo privado e o fim dos incentivos fiscais. Em 2013, o PIB cresceu 2,3%.

MÁRIO BRAGA, Agencia Estado

12 de março de 2014 | 17h09

Ainda segundo a Fiesp/Ciesp, o PIB da indústria de transformação deve recuar 0,8% neste ano. Em 2013, houve crescimento de 1,9% depois de um queda de 2,4% em 2012. As projeções indicam ainda que a indústria extrativa mineral crescerá 4,6%, após recuo de 2,8% no ano passado.

Já o PIB da construção civil deve crescer 1,7% em 2014, o de produção e distribuição de eletricidade, gás e água, 2,8% e o da agropecuária, 4,2%, de acordo com a Fiesp/Ciesp. Mesmo em desaceleração, também devem avançar o PIB de serviços (1,4%) e o consumo das famílias (1,9%), segundo as entidades.

Tudo o que sabemos sobre:
FiespCiespPIB

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.