PIB do 2º tri cresce 1,9% e indica fim da recessão no Brasil

O Produto Interno Bruto (PIB) subiu 1,9% no segundo trimestre de 2009, ante o primeiro trimestre, segundo divulgou há pouco o IBGE. O resultado veio dentro das estimativas dos analistas ouvidos pelo AE Projeções (1,24% a 2,20%) e levemente acima da mediana de 1,80%. O resultado do segundo trimestre confirma que o País saiu da recessão técnica.

Adriana Chiarini e Jacqueline Farid, Agência Estado

11 de setembro de 2009 | 09h06

 

Na comparação com o segundo trimestre de 2008, o PIB caiu 1,2%. Neste confronto, as estimativas apontavam uma queda de 2,00% a 0,90%, com mediana de -1,30%.

 

No primeiro semestre de 2009, o PIB registrou variação negativa de 1,5% ante igual período do ano passado. Em 12 meses, o PIB acumula alta de 1,3%. Em valores correntes, o PIB do segundo trimestre somou R$ 756,2 bilhões.

Tudo o que sabemos sobre:
PIB

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.