PIB do 3º tri mostra retomada da economia, diz Meirelles

Para presidente do Banco Central, os efeitos mais negativos da crise econômica já foram superados

Fernando Nakagawa, Agência Estado

10 de dezembro de 2009 | 15h53

O presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, avalia que os números do Produto Interno Bruto (PIB) do terceiro trimestre de 2009 mostram a retomada do crescimento da economia e que os efeitos mais negativos da crise já foram superados. Ele destacou ainda que o aumento do investimento revela confiança dos agentes econômicos com o futuro da economia brasileira.

 

"Cabe notar que a taxa de crescimento observada no 3º trimestre ante o 2º trimestre de 2009 com ajuste sazonal foi superior àquela registrada em igual período de 2008 sobre o mesmo critério de comparação. Este fato evidencia a retomada do dinamismo da economia brasileira e a superação dos efeitos mais agudos da crise internacional", citou Meirelles via assessoria de imprensa da instituição.

 

Segundo o presidente da autoridade monetária, os dados apresentados também "corroboram o cenário de retomada do crescimento da economia brasileira após uma breve contração no final de 2008 e início de 2009". Essa volta da atividade econômica, segundo ele, "já vinha se delineando em indicadores desagregados como aqueles referentes à atividade no comércio e na indústria bem como ao mercado de trabalho".

 

Outro item destacado pelo presidente do BC é o aumento da Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF), que indica o nível de investimento na economia. Para Meirelles, a expansão desse indicador "indica a solidez da retomada e a confiança dos agentes econômicos na manutenção do crescimento".

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.