PIB do Chile cresce 5,5% no 2º tri e 5,4% no 1º sem

A economia do Chile continua crescendo em ritmo forte, sustentada pela forte demanda doméstica, informou o Banco Central do país. O Produto Interno Bruto (PIB) chileno cresceu 5,5% no segundo trimestre deste ano e 5,4% no primeiro semestre, em comparação com os períodos correspondentes do ano passado.

AE, Agencia Estado

20 de agosto de 2012 | 10h50

Em termos ajustados sazonalmente, o PIB cresceu 1,7% no segundo trimestre sobre o primeiro, com uma taxa anualizada de 7,0%. A demanda doméstica teve alta anual de 7,1% no segundo trimestre e de 5,8% no período de janeiro a julho, alimentada por investimentos e pelo consumo de bens e serviços pelas famílias.

O banco central revisou os cálculos do primeiro trimestre para alta anual de 5,3%, em vez de 5,6% como informado inicialmente. Além disso, o banco central informou que o Chile teve déficit em conta corrente de US$ 2,44 bilhões no segundo trimestre, equivalente a 3,9% do PIB. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
ChilePIBcrescimento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.