"be water"

Coluna Leandro Miranda: como se moldar à nova economia após a covid-19?

PIB do Chile cresceu 0,2% no último trimestre de 2008

O Produto Interno Bruto (PIB) do Chile cresceu 0,2% no quarto trimestre de 2008 na comparação com igual período do ano anterior, e 3,2% em todo o ano passado ante 2007, informou hoje o banco central do país. Em base de dados sazonalmente ajustada, o PIB do Chile cresceu 2,9% em 2008 em comparação com 2007.

MARCÍLIO SOUZA, Agencia Estado

18 de março de 2009 | 13h48

"A economia cresceu no último trimestre, mas a um ritmo mais lento, que não deixa ninguém indiferente. Todos nós sabemos os motivos: o último trimestre registrou uma piora das condições financeiras domésticas e internacionais, fazendo com que a maior parte das economias do mundo desacelerassem", disse o ministro de Finanças do país, Andres Velasco.

Durante os três primeiros trimestres do ano, o PIB chileno cresceu 3,4%, 4,6% e 4,6%, na comparação com iguais períodos do ano anterior, respectivamente. Esses números resultam de revisões dos dados que haviam sido originalmente anunciados.

O setor de comunicações expandiu-se 10,4% em 2008, e o de construção, 9,7%. O de mineração, no entanto, encolheu 5%. A demanda doméstica cedeu 0,2% no quarto trimestre, mas aumentou 7,4% em 2008. As exportações de bens e serviços cresceram 3,1% no trimestre e também no ano, enquanto as importações expandiram 1,8% e 12,9%, respectivamente.

A conta corrente, enquanto isso, fechou o ano com um déficit de US$ 3,44 bilhões, ou cerca de 2% do PIB. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
ChilePIB

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.