Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

PIB do Japão cresce 0,9% no 2º trimestre e país sai da recessão

Alta de exportações e consumo privado estimularam economia, mas aumentaram as dúvidas sobre a recuperação

Clarissa Mangueira, da Agência Estado,

17 de agosto de 2009 | 08h42

A economia do Japão registrou crescimento pela primeira vez no período de abril a junho, após cinco trimestres de queda. Segundo dados divulgados pelo governo, a segunda maior economia do mundo saiu de sua mais longa recessão desde a Segunda Guerra Mundial - mas aumentaram as dúvidas sobre a sustentabilidade de qualquer recuperação.

 

Veja também:

especialAs medidas do Brasil contra a crise

especialAs medidas do emprego

especialDicionário da crise 

especialLições de 29

especialComo o mundo reage à crise

 

O Produto Interno Bruto (PIB) do país cresceu 0,9% no segundo trimestre ante o primeiro trimestre e 3,7% em comparação ao mesmo período do ano anterior, de acordo com o Escritório do Gabinete de Governo. O resultado ficou levemente abaixo das estimativas dos analistas de um crescimento de 1% no trimestre e de 3,9% na comparação com o segundo trimestre do ano passado, segundo a agência Dow Jones.

 

Este foi o primeiro trimestre de crescimento do PIB do Japão desde o primeiro trimestre de 2008, conduzido por um alta das exportações e do consumo privado. Os resultados confirmaram que as medidas de estímulo econômico - e aquelas adotadas em outros países que estimularam a revitalização da demanda externa - estão finalmente tirando o Japão da recessão.

 

Os dados do Japão ampliam a tendência de recuperação global. Os PIBs da Alemanha e França cresceram 0,3% no segundo trimestre, na comparação com o trimestre anterior, mostrando que as duas maiores economias da zona do euro estão saindo da recessão.

 

A economia dos EUA também registrou um ritmo muito mais lento, contraindo numa taxa anual de 1,0% no segundo trimestre, uma grande melhora em relação à queda de 6,4% no trimestre anterior.

Tudo o que sabemos sobre:
JapãoPIBcrescimento

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.