PIB do México sobe 7,6% no 2º trimestre ante o mesmo período de 2009

Aumento, que foi o maior em mais de uma década, foi atribuído à recuperação industrial da recessão do ano passado e ao crescimento no setor de serviços

Ligia Sanchez, da Agência Estado,

20 de agosto de 2010 | 12h18

O Produto Interno Bruto (PIB) do México subiu 7,6% no segundo trimestre ante o mesmo período de 2009, ritmo mais rápido de expansão em mais de uma década, atribuído à recuperação industrial da recessão do ano passado e crescimento no setor de serviços. O dado, do Instituto Nacional de Estatísticas, aponta aumento de 3,22% do PIB do segundo trimestre em relação ao trimestre anterior.

O aumento do PIB do segundo trimestre de 2009 foi maior do que a estimativa mediana de 7,3% levantada em uma consulta da Dow Jones a 15 economistas. Foi o maior aumento ano a ano desde o início de 1998, quando o México ainda se recuperava da crise de meados da década de 1990.

A produção industrial se expandiu 7,8%, puxada pelo setor de manufatura, enquanto os serviços tiveram alta de 7,4% e a produção agrícola subiu 4,8% em relação ao mesmo período do ano passado. Os dados apontam um salto de 18,9% no comércio. As áreas de transporte, serviços educacionais, hotéis e restaurantes também apresentaram crescimento de dois dígitos.

A atividade econômica no primeiro semestre foi 5,9% maior do que no mesmo período de 2009, quando o México estava em profunda recessão por causa da crise financeira global e da contração econômica nos EUA, seu principal destino de exportações. A atividade do segundo trimestre também foi afetada no ano passado pelo alerta da gripe suína, que levou ao fechamento de serviços não essenciais por alguns dias.

O ritmo de expansão deve desacelerar no segundo semestre de 2010, com a recuperação dos EUA perdendo força. O Banco do México prevê crescimento econômico entre 4% e 5% para o ano e o Ministério de Finanças projeta expansão de 4,1%. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.