Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

PIB do setor aéreo desaba 26,3%

O valor adicionado (soma da riqueza produzida) pelo setor de serviços de transporte aéreo caiu 26,3% em 2005 ante o ano anterior. Os dados foram divulgados ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) na Pesquisa Anual de Serviços. A queda foi provocada especialmente pela crise da Varig.O economista do IBGE Eduardo Pontes disse que houve forte aumento de concorrência no setor naquele ano. Apesar disso, a concentração de receita é tal - 85% do total pertence a quatro empresas - que a crise em uma delas foi a grande responsável pelo recuo. Mesmo com queda no valor adicionado, o setor mostrou aumento no número de ocupados, passando de 32,8 mil para 34,8 mil pessoas. O total de empresas cresceu de 236 para 282.Segundo o IBGE, o número de empresas de serviços de segurança, vigilância e transporte de valores continuou trajetória de crescimento em 2005 (2.963) em relação ao ano anterior (2.213).

O Estadao de S.Paulo

07 de julho de 2026 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.