PIB dos EUA cresce mais que o previsto no 1º trimestre

Apesar do desempenho, detalhes do relatório refletem enfraquecimento da economia; analistas temem recessão

Agência Estado e Reuters

30 de abril de 2008 | 09h40

A economia dos Estados Unidos registrou expansão de 0,6% no primeiro trimestre deste ano, de acordo com primeira estimativa do Produto Interno Bruto (PIB) dos EUA no período, divulgada nesta quarta-feira, 30, pelo Departamento do Comércio americano. O resultado mostra que a economia norte-americana cresceu mais que o esperado no início de 2008, ajudada pelo aumento dos estoques que compensou a deterioração do setor imobiliário e o gasto menos vigoroso dos consumidores.     Veja também:     Gasto com consumo nos EUA foi o menor desde 2001 Cronologia da crise financeira As grandes crises econômicas   Analistas de Wall Street previam que a expansão seria de 0,2%. No quarto trimestre do ano passado, o crescimento do PIB dos EUA foi de 0,6%. Em 2007, a expansão da economia americana foi de 2,2%, a menor taxa anual desde 2002.   Apesar do desempenho acima do previsto, detalhes do relatório sobre o PIB refletem o enfraquecimento que analistas temem que provocará uma recessão. O dado do primeiro trimestre ainda será revisado duas vezes nos próximos meses.   O gasto do consumidor, que corresponde a dois terços da atividade econômica, cresceu na menor taxa desde o segundo trimestre de 2001, quando a economia estava em recessão. O crescimento foi de 1%, ante 2,3% no quarto trimestre do ano passado. O enfraquecimento no setor imobiliário foi ainda mais gritante. Os gastos com construção residencial despencaram 26,7%, a queda mais forte desde o final de 1981.

Tudo o que sabemos sobre:
PIBEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.