PIB dos EUA é revisado para alta de 3% no 1º trimestre

A economia norte-americana cresceu à taxa anualizada de 3% no primeiro trimestre, segundo revisão divulgada pelo Departamento do Comércio de leitura, que anteriormente havia divulgado expansão de 3,2%. O crescimento levemente menor do que o originalmente avaliado é resultado de revisão em baixa dos gastos com consumo e dos investimentos das empresas. Economistas esperavam que o Produto Interno Bruto (PIB) fosse revisado em alta, para expansão de 3,4%. No quarto trimestre, o PIB norte-americano cresceu 5,6%.

CYNTHIA DECLOEDT, Agencia Estado

27 de maio de 2010 | 10h02

O Departamento do Comércio revisou os gastos com consumo para um crescimento de 3,5%, de estimativa anterior de alta de 3,6%. Mesmo assim, os gastos com consumo aumentaram significativamente no primeiro trimestre, de alta de 1,6% no quarto trimestre. O aumento de 3,5% dos gastos com consumo foi o maior desde o primeiro trimestre de 2007.

Os investimentos das empresas subiram 3,1% no primeiro trimestre, dado revisado de estimativa anterior de alta de 4,1%. As empresas elevaram seus estoques um pouco mais do que o originalmente estimado, em US$ 33,9 bilhões, ao invés de em US$ 31,1 bilhões calculado antes. As vendas reais finais de produtos domésticos, que corresponde ao PIB subtraído dos estoques privados, subiu à taxa anual de 1,4% no primeiro trimestre, abaixo da estimativa anterior de crescimento de 1,6% e abaixo da alta de 1,7% do quarto trimestre. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAPIBrevisão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.