Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

PIB dos EUA no 3º trimestre é revisto para alta de 2,8%

O Produto Interno Bruto (PIB) dos Estados Unidos cresceu a uma taxa anualizada de 2,8% no terceiro trimestre deste ano, de acordo com a revisão anunciada hoje pelo Departamento de Comércio do país. Há um mês, o Departamento havia anunciado sua primeira estimativa para o PIB no período, que apontou alta de 3,5%. O número final do PIB de julho a setembro será divulgado em 22 de dezembro.

MARCÍLIO SOUZA, Agencia Estado

24 de novembro de 2009 | 12h08

Analistas previam, em média, revisão do PIB para alta de 2,7%. No segundo trimestre deste ano, o PIB encolheu 0,7%. O crescimento no terceiro trimestre foi o primeiro desde o registrado no segundo trimestre do ano passado e o mais forte em quase dois anos.

O gasto dos consumidores aumentou 2,9% no terceiro trimestre e contribuiu com 2,1 pontos porcentuais para o PIB como um todo. A primeira prévia havia apontado aumento de 3,4% dos gastos dos consumidores e uma contribuição de 2,4 pontos desse componente para o PIB.

O índice de preços para gastos com consumo pessoal (PCE, na sigla em inglês), aumentou 2,7% no período de julho a setembro deste ano, ante a estimativa anterior de 2,8% e a alta de 1,4% registrada no segundo trimestre. O núcleo do PCE, que exclui alimentos e energia, apontou alta de 1,3% no terceiro trimestre, ante a estimativa anterior de alta de 1,4% e o aumento de 2% registrado no segundo trimestre. A primeira estimativa para o PIB dos EUA no quarto trimestre e para 2009 como um todo será anunciada em 29 de janeiro. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAPIB

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.