PIB dos EUA no 4o tri tem expansão revisada para cima a 5,9%

A economia dos Estados Unidos cresceu no quarto trimestre em ritmo ligeiramente superior ao anteriormente estimado, devido a uma revisão na queda dos estoques.

REUTERS

26 de fevereiro de 2010 | 10h43

O Departamento de Comércio informou nesta sexta-feira que sua segunda leitura do Produto Interno Bruto (PIB) apontou uma expansão anualizada de 5,9 por cento, ante dado preliminar de 5,7 por cento.

É o ritmo mais forte de crescimento desde o terceiro trimestre de 2003 e supera a taxa de 2,2 por cento de expansão anualizada registrada no terceiro trimestre.

Analistas consultados pela Reuters previam para o quarto trimestre alta de 5,7 por cento.

Uma forte parada no ritmo no qual os empresários liquidavam estoques somada a um aumento no gasto com equipamentos e softwares impulsionou o crescimento no quarto trimestre, contrabalançando gasto do consumidor e investimento residencial mais fracos.

Excluindo os estoques, a economia se expandiu a uma taxa anualizada de 1,9 por cento, abaixo da leitura preliminar de 2,2 por cento.

Os estoques empresariais caíram apenas 16,9 bilhões de dólares no quarto trimestre, número revisado ante a leitura preliminar de 33,5 bilhões de dólares.

(Por Lucia Mutikani)

Tudo o que sabemos sobre:
MACRO, EUA, PIB*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.