"be water"

Coluna Leandro Miranda: como se moldar à nova economia após a covid-19?

PIB dos EUA no trimestre é revisado para cima

A economia norte-americana cresceu no primeiro trimestre mais do que os especialistas do governo norte-americano calcularam na divulgação da primeira prévia do PIB, refletindo aumento superior ao previsto nos estoques das empresas. De acordo com o Departamento do Comércio, o PIB do primeiro trimestre foi revisado para crescimento de 4,4%, acima da expansão de 4,2% projetada anteriormente. O dado ficou levemente abaixo do crescimento de 4,5% esperado pelos economistas em Wall Street. A elevação em US$ 28,2 bilhões nos estoques das empresas, foi o número que mais influenciou a revisão do crescimento do primeiro trimestre. Na primeira prévia do PIB, a elevação dos estoques foi estimada em US$ 15,3 bilhões. A mudança nos estoques acresceu 0,75 ponto percentual à expansão do PIB. Os estoques subiram US$ 9 bilhões no quarto trimestre. "A revisão em alta do PIB reflete revisões positivas dos investimentos em estoques, nos gastos dos governos federal e estadual e nas exportações, os quais foram parcialmente minizados por revisão em alta nas importações e revisão em baixa em equipamentos e softwares", disse o Departamento do Comércio. Lucro das empresasOs lucros das empresas norte-americanas cresceram 1,4% no primeiro trimestre, ante os três meses anteriores, de acordo com projeções preliminares do Departamento do Comércio citadas no relatório sobre o PIB. Esse crescimento ficou bem abaixo da expansão vigorosa de 7,6% verificada no quarto trimestre. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.