PIB japonês cresce 4,9% no 1º trimestre

O Produto Interno Bruto (PIB) do Japão cresceu à taxa anualizada de 4,9% no primeiro trimestre deste ano, marcando o quarto trimestre seguido de ganhos. Esse foi o maior ritmo de crescimento econômico do Japão desde o segundo trimestre de 2009, mas ficou abaixo da estimativa de expansão de 5,9% dos economistas. Em comparação com o último trimestre de 2009, o crescimento foi de 1,2%.

DANIELLE CHAVES, Agencia Estado

20 de maio de 2010 | 08h21

No período de janeiro a março deste ano, o consumo privado, que é responsável por mais de metade do PIB do Japão, subiu pelo quarto trimestre seguido, com ganho de 0,3% em comparação com o quarto trimestre de 2009. O investimento de capital corporativo aumentou pelo segundo trimestre consecutivo, com avanço de 1,0%, impulsionado por uma alta de 6,9% nas exportações. A demanda doméstica acrescentou 0,6 ponto porcentual ao crescimento do PIB e a demanda externa - ou a exportação menos a importação - contribuiu para 0,7 ponto porcentual.

O deflator do PIB, medida mais ampla de tendência dos preços, ampliou o declínio para -3,0% no ano durante o primeiro trimestre, de -2,7% no trimestre imediatamente anterior. O deflator caiu no ritmo mais rápido já registrado. Isso indica que as tentativas do Japão de erradicar sua antiga deflação ainda precisam gerar resultados, embora o Banco do Japão tenha, em março, decidido oferecer mais 10 trilhões de ienes em dinheiro à taxa fixa de 0,1% para bancos domésticos, além dos 10 trilhões de ienes oferecidos em dezembro. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
JapãoPIB

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.