PIB mostra quadro de semiestagnação, diz Eduardo Assis

O ex-diretor de Política Monetária do Banco Central (BC) Luís Eduardo Assis disse ao Broadcast, serviço de informações em tempo real da Agência Estado, após analisar o desempenho do Produto Interno Bruto (PIB) no primeiro trimestre, que a economia brasileira está em uma situação de semiestagnação.

FRANCISCO CARLOS DE ASSIS, Agencia Estado

30 de maio de 2014 | 11h44

O PIB cresceu 0,2% no primeiro trimestre em relação ao último de 2013, segundo divulgou hoje o IBGE, mas, de acordo com Assis, o crescimento se deu na leitura com ajuste sazonal. "No dia a dia, o PIB caiu 3%", disse.

Ele critica a predileção do IBGE pela divulgação do PIB dessazonalizado porque não reflete a sensação das pessoas no seu dia a dia. "Hoje estou com muito frio, as pessoas estão com frio. Ninguém pode fazer uma média das temperaturas dos dias 30 de maio e dizer que não estamos sentindo frio", comparou o economista.

Para Assis, o comportamento real do PIB é uma queda de 3% no primeiro trimestre em relação ao trimestre anterior. "No acumulado de quatro trimestres, estamos crescendo 2,5%. Estamos num sistema de baixo crescimento com estabilidade de 0,2%", disse Assis, acrescentando que essa situação não deve melhorar.

Tudo o que sabemos sobre:
PIBIBGE1º trimestreEduardo Assis

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.