PIB norte-americano cresce acima do esperado

A economia norte-americana expandiu-se mais do que o esperado e acima do inicialmente previsto durante o terceiro trimestre, refletindo o aumento dos gastos com consumo, dos investimentos das empresas e das exportações.Segundo o Departamento do Comércio, o Produto Interno Bruto (PIB) cresceu à taxa anualizada de 3,9% no terceiro trimestre, superando a expansão de 3,7% verificada anteriormente. Economistas ouvidos pela Dow Jones esperavam que o PIB fosse revisado para expansão anualizada de 3,7%.O PIB cresceu 3,3% no segundo trimestre e 4,5% no primeiro trimestre. Em 2003, a economia norte-americana cresceu 3%. Revisões em altaO Departamento do Comércio revisou para elevação de 5,1% os gastos com consumo durante o terceiro trimestre nos EUA. Anteriormente, o Departamento havia calculado expansão de 4,6% nos gastos. No segundo trimestre, os gastos subiram 1,6%. As compras de bens duráveis subiram 17,2% no terceiro trimestre (+16,8% anteriormente); as compras de bens não-duráveis avançaram 4,8% (+3,9%).Os investimentos das empresas subiram 12,9% no terceiro trimestre, superando a alta estimada antes de 11,7%. Os investimentos em estoques pelas empresas privadas enfraqueceu-se mais do que o previsto antes. Os estoques caíram US$ 35,9 bilhões, de US$ 48,1 bilhões previsto anteriormente pelo Departamento.As exportações subiram 6,3% no terceiro trimestre, avaliou o Departamento do Comércio, enquanto as importações subiram 6%. Anteriormente, o Departamento do Comércio havia previsto alta de 5,1% nas exportações e aumento de 7,7% das importações. No segundo trimestre, as exportações cresceram 7,3% e as importações aumentaram 12,6%. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.