PIB paulista cresce 1,3% no 1º trimestre, diz Seade

A atividade econômica do Estado de São Paulo cresceu 1,3% no primeiro trimestre deste ano na comparação com o mesmo período de 2013, considerando a série livre dos efeitos sazonais e alcançou R$ 388,4 bilhões. Deste total, R$ 307,5 bilhões são referentes ao valor adicionado e R$ 71,1 bilhões aos impostos sobre produtos líquidos de subsídios. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira, 22, pela Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (Seade). No confronto de março de 2014 com março de 2013, foi observada uma queda de 1,0% no PIB estadual.

CARLA ARAÚJO, Agencia Estado

22 de maio de 2014 | 11h48

Na comparação com o último trimestre do ano passado, o desempenho da atividade econômica paulista ficou estável (0,0%), com ampliação de 0,3% em serviços e redução na indústria (1,7%) e na agropecuária (1,2%).

No acumulado dos últimos 12 meses em relação aos 12 meses imediatamente anteriores, o PIB paulista registrou expansão de 2,1%. Segundo os dados da Seade, esse resultado é reflexo do desempenho positivo da indústria (3,3%) e dos serviços (1,9%), enquanto o segmento de agropecuária registrou queda de 2,6%.

De acordo com a Seade, na passagem de fevereiro para março, o PIB paulista teve uma queda "atípica" de 5,7%, na série livre de efeitos sazonais. "Esse resultado se deve sobretudo ao número menor de dias úteis no mês de março, em razão do feriado de carnaval, o que compromete a comparabilidade mensal", explicou a entidade, em nota.

Estimado em R$ 1.516.733 milhões em 2013, O PIB paulista representa cerca de um terço do PIB brasileiro.

Tudo o que sabemos sobre:
SeadePIBSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.