PIB real do Japão cresce 1,5% no 1º trimestre

A economia do Japão surpreendeu e cresceu mais que o esperado nos três primeiros meses de 2014, em um período no qual os consumidores anteciparam os gastos por causa do aumento do imposto sobre vendas em abril.

AE, Agencia Estado

14 de maio de 2014 | 21h33

De janeiro a março, o Produto Interno Bruto (PIB) real cresceu 1,5%, na comparação com o período de outubro a dezembro. O número superou a previsão de economistas de uma alta de 1,1%. Em termos anualizados, o avanço foi de 5,1%.

O primeiro grande aumento de imposto no Japão em 17 anos influenciou as famílias a anteciparem os gastos para antes de abril. O consumo privado subiu a uma taxa anualizada de 8,5% no primeiro trimestre, também impulsionando o aumento na produção e no emprego.

A expectativa para os próximos meses é de que a economia perderá força. Os dados de vendas no varejo de abril e maio já mostram uma desaceleração no consumo pessoal, especialmente em itens de consumo duráveis, como automóveis, geladeiras e televisores. Ainda assim, alguns varejistas têm reportado que o declínio não é tão forte quanto se esperava. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
JapãoPIB

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.