REUTERS/Hannah McKay
REUTERS/Hannah McKay

PicPay abre 1,1 mil vagas de emprego em São Paulo e Vitória

Maioria das vagas é voltada às áreas de tecnologia e desenvolvimento de sistemas; empresa planeja triplicar quantidade de funcionários

Ana Luiza de Carvalho, O Estado de S.Paulo

13 de agosto de 2019 | 16h32

O aplicativo de pagamentos PicPay anunciou que abrirá 1.100 postos de trabalho no Brasil nos próximos meses. Em São Paulo, são 400 vagas, sendo que 250 devem ser preenchidas até o final de 2019. Já em Vitória são 700 oportunidades das quais 300 terão contratações até dezembro. Os processos seletivos são anunciados no site do PicPay e no LinkedIn da companhia.  

A maior parte das vagas do PicPay será focada em tecnologia, nas áreas de infraestrutura e segurança: user experience (UX), design de produto, growth e data science. De acordo com Dárcio Stehling, diretor de Pessoas e Cultura da Picpay, a empresa possui hoje 120 vagas em aberto na área.

“Nosso maior desafio é encontrar profissionais de tecnologia, em especial para posições de desenvolvedor, devido à escassez de pessoas qualificadas e à maior concorrência no mercado”, comentou o executivo por meio de nota.

Há oportunidades também nas áreas de relacionamento, compliance, recursos humanos, negócios e controladoria. Como a empresa valoriza a diversidade e o chamado fit cultural, ou seja, alinhamento de valores entre a companhia e os futuros colaboradores, algumas das áreas tem o processo seletivo realizado às cegas.

Já dentro da companhia, os funcionários podem se engajar em projetos como o PicPay do Amanhã, que ensina programação a adolescentes em situação de vulnerabilidade social. A iniciativa já recebeu mais de 40 alunos.

O aplicativo PicPay está passando por uma fase de reestruturação e busca alcançar no ano que vem 20 milhões de usuários, o dobro do que tem hoje. Um escritório acabou de ser inaugurado em São Paulo (SP), se somando à sede do app em Vitória (ES), criado em 2012. Atualmente, a fintech capixaba tem cerca de 10 milhões de usuários.

Tudo o que sabemos sobre:
PicPayemprego e desemprego [trabalho]

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.