Pilotos apresentam projeto para recuperar a Varig

A Associação de Pilotos da Varig (Apvar) apresentou hoje a políticos gaúchos um projeto de recuperação da companhia aérea que prevê investimento de US$ 400 milhões de dois investidores. Além deles, a Apvar informou que concluiu negociação com um terceiro investidor - com o qual ainda falta assinar um protocolo - para outros US$ 100 milhões no projeto. Os nomes dos investidores não serão divulgados por razões de confidencialidade, disse o representante da Apvar no Estado, Mário Cezar Corrêa da Costa. Dois deles pertencem ao setor aéreo e um é administrador de fundos.A Apvar trabalha há bastante tempo em um plano alternativo à fusão entre Varig e TAM. Para colocá-lo em prática, os funcionários criaram a NV Participações. O plano prevê o deságio de créditos devidos pela Varig - em porcentuais que seriam definidos durante negociação individual -, alongamento do débito, carência para o início dos pagamentos e conversão de créditos em capital social. A injeção de US$ 500 milhões na Varig seria feita por intermédio da NV Participações não para pagar dívidas, mas para investimentos, disse Costa. Por este plano, a NV e os investidores ficariam com 50% do capital votante da Varig e a Fundação Ruben Berta e os credores, com o restante.A movimentação dos pilotos antecede a discussão que as empresas levarão nesta terça-feira ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) sobre o rumo que deverá tomar a parceria entre elas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.