Pimentel diz que PSI será mantido

O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, disse nesta segunda-feira, 25, que o Programa de Sustentação do Investimento (PSI), será mantido. "O que vai alterar são as condições. O juro possivelmente vai mudar. Mas não temos o número ainda fechado. É natural que altere (o juro), porque a taxa básica de juros subiu muito, você teria de ter uma adaptação a essa nova taxa. Deve haver uma mudança, mas o programa será mantido, não vai terminar", garantiu.

RAFAEL MORAES MOURA E TÂNIA MONTEIRO, Agencia Estado

25 de novembro de 2013 | 18h01

Pimentel disse também que o governo federal não bateu o martelo sobre um programa nacional de renovação da frota de caminhões. As dez principais entidades envolvidas com o transporte rodoviário de carga apresentaram nesta segunda uma proposta de renovação da frota de caminhões, com o objetivo de substituir os veículos com mais de 30 anos de uso.

"(Isso) Pode ser extremamente útil para a indústria brasileira e para o Brasil, porque a renovação da frota teria um ganho ambiental muito grande. De qualquer maneira, esse programa só no ano que vem. Este ano está praticamente encerrado. Se formos lançar, vai ser no ano que vem", afirmou o ministro a jornalistas, após audiência no Palácio do Planalto com a presidente Dilma Rousseff.

"Não tem decisão do governo ainda, faz parte de um conjunto de iniciativas que a gente trabalhou ao longo do ano, foram ficando prontas agora no final do ano, vão ser avaliadas e possivelmente anunciadas no começo do ano. Mas aí quem decide é a presidenta da República e ela não tomou conhecimento do programa", prosseguiu.

Tudo o que sabemos sobre:
PSImanutenção

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.