Pior da crise na Europa já passou, diz ministro alemão

O pior momento da crise europeia já teria passado. Isso é, pelo menos, o que estima o ministro das Finanças da Alemanha, Wolfgang Schaeuble, em entrevista ao jornal "Bild", que será publicada hoje. Na Itália, emissões de papéis do tesouro foram bem recebidas ontem pelo mercado. Mas, na França, os novos números do desemprego desmentem o otimismo alemão, indicando que a cada dia mil pessoas extras entram na fila em busca de trabalho. Analistas insistem que os riscos ainda são importantes e que nove das 27 economias do bloco europeu estão em recessão.

O Estado de S.Paulo

28 de dezembro de 2012 | 02h03

Na entrevista, Schaeuble insistiu em dar uma mensagem positiva. "Acho que já superamos o pior", disse, elogiando até mesmo as reformas feitas pela Grécia. Dados revelados ontem, porém, indicam que as taxas de suicídio na Grécia aumentaram em 37% entre 2009 e 2011. / J.C.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.