Pirelli cogita vender participação na Telecom Italia

O diversificado grupo italiano Pirelli disse nesta segunda-feira que considera vender todo o seu investimento na Telecom Italia depois que sua aquisição, em 2001, levou a uma perda de 1 bilhão de euros (1,3 bilhão de dólares) no ano passado. A Pirelli é dona de 80% da holding Olimpia, detentora de 18% da Telecom Italia, quinto maior grupo de telecomunicações da Europa, cujas ações caíram 50% desde que a Pirelli as assumiu em 2001. O anúncio marca uma mudança da recente linha estratégica da Pirelli de tentar vender somente uma pequena parte de sua participação na Olimpia para diminuir o impacto negativo no balanço da empresa. "Quanto à Olimpia, o conselho diretor deu a autorização para o chairman explorar todas as opções possíveis, não excluindo a venda da participação", disse a Pirelli em um comunicado. ResultadosA Pirelli anunciou na segunda-feira um prejuízo líquido de 1,05 bilhão de euros - ante um lucro de 399 milhões de euros ano passado, após anunciar o valor de sua fatia na Telecom Italia - enquanto as vendas aumentaram 6,5% para 4,8 bilhões de euros. A Pirelli estava tentando negociar a venda das ações da Olimpia com a empresa espanhola Telefonica, mas as conversas foram interrompidas, embora a Telefonica ainda esteja em contato com a Telecom Italia para um possível acordo comercial. A Pirelli também esteve em contato com conglomerados russos de serviços Sistema, enquanto as indianas Hinduja e a empresa de private equity Blackstone [BG.UL] também mostraram interesse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.