PIS: abono salarial passa a ser de R$ 180

Segundo a Caixa Econômica Federal (CEF), os trabalhadores que têm direito ao recebimento do benefício do abono salarial do PIS, que equivale a um salário mínimo, passa, a partir da próxima segunda-feira, dia 2 de abril, a receber o novo valor de R$ 180,00. "Ao antecipar o aumento do salário mínimo, o governo federal vai beneficiar milhares de famílias dos trabalhadores que ainda não sacaram o abono a que têm direito", diz o presidente da Caixa, Emílio Carazzai. O calendário de pagamentos do exercício 2000/2001 termina em menos de um mês, no próximo dia 27 de abril, e muitos trabalhadores ainda não buscaram o benefício nas agências da Caixa Econômica Federal. Se não for sacado a tempo, o abono salarial retorna para o Fundo de Amparo ao Trabalhador - FAT. Quem recebe o crédito direto em conta da Caixa, ou diretamente na folha de pagamento das empresas conveniadas com a instituição, não precisa seguir o calendário de pagamentos e acaba tendo o benefício antecipadamente. Quem tem direito ao abono salarial Para ter direito ao abono salarial é necessário que o trabalhador atenda às seguintes condições: a) cadastrados no PIS-PASEP até 1995; b) aqueles com média de 02 salários mínimos mensais em 1999;c) os que tenham trabalhado, pelo menos, 30 dias com carteira assinada durante 1999 para empregador contribuinte do PIS-PASEP; d) que tenham os dados informados corretamente pelo empregador na RAIS de 1999.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.