Piva diz que aumento dos juros básicos é "evitável"

O presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Horácio Lafer Piva, afirmou hoje que é "evitável" o aumento dos juros básicos na próxima reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), com o objetivo de segurar o aumento da inflação. "A inflação não é boa para ninguém, mas não acho inevitável aumento dos juros", disse. Ele argumenta que a inflação está sendo acelerada pelos aumentos nos custos das empresas e não pelo aquecimento da demanda. Dessa forma, os índices podem não continuar a subir. Ele ressaltou, no entanto, que se os índices de inflação continuarem crescendo, nas próximas semanas, é possível que o Copom aumente a taxa Selic, hoje em 21% ao ano, na próxima reunião, que começa na próxima terça-feira, dia 19 e termina na quarta-feira. Piva disse ainda esperar que a equipe de transição do governo eleito esteja se preparando para enfrentar a questão da inflação. Piva participou do encontro Cenários: Como administrar 2003, promovido pela revista Exame.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.