Piva não quer se reeleger presidente da Fiesp

O presidente da Fiesp, Horácio Lafer Piva, debelou uma tentativa de mudança no estatuto da casa que era tecida nos bastidores para permitir sua permanência no cargo, mediante mais uma reeleição. Inspirados pela segunda mudança em menos de três anos no estatuto da Firjan, do Rio, na semana passada, diretores temerosos de que Piva não consiga eleger seu sucessor levantaram a hipótese de fazer o mesmo em São Paulo. Piva, que está na metade do segundo mandato, enviou carta a todos os presidentes de sindicatos e diretores da casa, em 31 de março, na qual negou que recorrerá a artifícios estatutários para ficar mais três anos na presidência. ?Todos vocês (...) sabem do compromisso que tenho com a legalidade e com a ética?, escreveu. A carta explicita o que estaria acontecendo nos bastidores: ?Durante estas duas últimas semanas tem circulado uma informação dando conta de que eu (Piva) estaria aventando a possibilidade de mudar os estatutos das entidades com o objetivo de buscar mais um mandato à frente da Fiesp/Ciesp.?Um integrante da Fiesp ouvido pela Agência Estado garantiu que o boato teria sido criado por aspirantes a candidatos à sucessão, com a finalidade de desestabilizar Piva. Diretores diretamente ligados a Piva desmentem essa versão. A eleição, que acontece em agosto do ano que vem, movimenta a Fiesp e quatro empresários já se colocam como pré-candidatos: Carlos Roberto Liboni, 1º vice-presidente; Cláudio Vaz, diretor-superintendente do Sesi (entidade ligada à Fiesp); Paulo Antonio Skaf, presidente da Associação Brasileira da Indústria Têxtil (Abit); e Synésio Batista da Costa, presidente da Associação Brasileira dos Fabricantes de Brinquedos (Abrinq). Piva não tem se pronunciado sobre o assunto e reafirmou sua intenção na carta aos diretores: ?Que nossa principal preocupação nesse processo sucessório, a respeito do qual no momento oportuno me posicionarei, seja a da união, e não da divisão?.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.