Pizza Hut contrata maiores de 60 anos

Em um mercado de trabalho cada vez mais restrito, principalmente para pessoas com idade mais avançada, um programa lançado pela Pizza Hut de São Paulo trouxe, enfim, uma boa notícia para pessoas na terceira idade. A Internacional Restaurantes do Brasil Ltda., empresa que representa a marca na capital e na Grande São Paulo, decidiu contratar garçons e garçonetes que tenham, pelo menos, 60 anos de idade. Os 11 novos funcionários com 60 anos ou mais foram contratados na segunda-feira.O número pode não parecer muito expressivo, mas a meta é bem mais ambiciosa: 30 até janeiro e poderá chegar a 60 num primeiro momento, levando-se em consideração a meta de dois funcionários por unidade.Além disso, a rede colocou o programa à disposição de todos os fornecedores. ?Tínhamos a preocupação de fazer um trabalho social e optamos pela terceira idade. Embora já existam outros programas, achamos que ainda tem poucas iniciativas?, explicou o diretor de marketing da IRB, Reynaldo Rey Zani.A empresa firmou convênio com a Secretaria Municipal de Assistência Social e 50% das vagas são destinadas a pessoas indicadas pelos assistentes sociais ? as demais são preenchidas pela própria empresa. O processo de seleção é o mesmo tanto para os funcionários mais jovens, quanto para os que estão dentro do programa social.A empresa exige segundo grau completo, facilidade de comunicação e predisposição para lidar com o público.

Agencia Estado,

22 de novembro de 2003 | 10h24

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.