finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Planalto: Revisão do PIB 2012 considera dados da Fazenda

Em nota, o porta-voz da Presidência da República, Thomas Traumann, esclareceu que em entrevista ao jornal El País a presidenta Dilma Rousseff fez estimativa do valor de revisão do Produto Interno Bruto (PIB) de 2012 com base em estudos preliminares do Ministério da Fazenda. Na entrevista, concedida na segunda-feira ao El País e publicada nesta terça-feira, 26, a presidente Dilma projetou que o PIB de 2012 será revisado de 1,5% e não 0,9%, como foi divulgado pelo IBGE anteriormente.

TÂNIA MONTEIRO, Agencia Estado

26 de novembro de 2013 | 17h56

Ainda de acordo com a nota, o Ministério da Fazenda informou à Presidência que "estão em curso no IBGE estudos sobre o setor de serviços que poderão concluir por uma revisão do indicador do PIB do ano passado". Na entrevista ao El País, Dilma comemorou que "esta semana resolveram reavaliar o PIB. E o PIB do ano passado, que era 0,9%, passou para 1,5%. Nós sabíamos que não era 0,9%, que estava subestimado o PIB. Isso acontece com outros países também. Os Estados Unidos sempre revisam seu PIB. Agora nós, neste ano, vamos crescer bem mais do que 1,5%, resta saber quanto acima", afirmou.

A presidente não estimou no entanto, a sua previsão de PIB para 2013, embora tenha anunciado que será "bem mais" que o 1,5% já revisto de 2012. Segundo as informações prestadas pelo Ministério da Fazenda à Presidência, estão em curso no IBGE estudos sobre o setor de serviços que poderão concluir por uma revisão do indicador do PIB do ano passado.

Tudo o que sabemos sobre:
PI 2012revisãoPlanalto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.