Planeje sua carreira e invista no futuro

O sócio-diretor da Mariaca & Associates, Marcelo Mariaca, é enfático: "Espera-se cada vez mais que o profissional planeje ao máximo a sua própria carreira; hoje há um atitude menos paternalista das empresas". Ele explica que é muito importante o auto-controle da carreira e aconselha o profissional a fazer um planejamento de 10 anos.Mariaca diz que a pessoa deve ter em mente o que ela quer ser daqui a 10 anos, qual cargo quer ocupar, qual o salário que quer ganhar, qual padrão de vida deseja ter, qual carro, quais as atividades de lazer, que tipo de interesses terá etc. "Não é um sonho patético, é um planejamento estratégico", diz.Reavalie sempre os seus planosO consultor lembra que nem sempre tudo sai como planejado. Se as metas não estiverem sendo alcançadas, é preciso fazer uma reavaliação todo o ano do seu projeto. "O profissional pode ser mais agressivo na busca dos objetivos ou ajustar para baixo suas expectativas", orienta.Mariaca afirma que a maioria dos "acidentes" de carreira ocorrem devido a problemas de relacionamento e aconselha: " Faça um inventário dos seus relacionamentos, ele pode ajudá-lo a trabalhar melhor a sua maturidade". Valorize o que você possuiPermanecer no emprego e ganhar mais espaço, valorizar o que você possui. A dica do consultor soa até estranha, mas ele explica que, no Brasil, quando uma pessoa deixa o emprego, perde uma série de benefícios. Ele diz que o caminho muita vezes é fazer a sua função crescer dentro da companhia.Segundo Mariaca ,as empresas estão mais enxutas e o profissional pode crescer numa mesma função, adquirindo maiores conhecimento, ganhando mais responsabilidades, ganhando um salário cada vez melhor e ampliando suas funções.Invista em você É importante traçar estratégias que leve você a alcançar o rumo traçado para o futuro. Mariaca lembra que, hoje em dia, as empresas enviam claros sinais do que esperam de seus profissionais. "Se não o fizer, o funcionário deve cobrar isso", enfatiza.Sempre de olho nos seus objetivos, é importante ter uma boa qualificação. Falar bem inglês, conhecer os escritórios da empresa fora do País, desenvolver novas competências , fazer novos cursos e até mesmo pedir à empresa que deixe você trabalhar num determinado setor de seu interesse. Não tenha medo, aja.Não ingore as oportunidadesMarcelo Mariaca deixa claro que, investir na carreira dentro de uma determinada empresa não significa fechar os olhos às oportunidades. Se surgir um convite para um cargo importante dentro de uma nova empresas de Internet, por exemplo, ou um convite que traga novas chances de crescimento e de se alcançar as suas metas, aproveite.Para concluir, o consultor afirma que, com os índices de emprego melhores, é hora de planejar a carreira. "Mesmo em momentos mais difíceis é bom planejar para colher os frutos mais adiante", diz. "A carreira não pára, não depende de índice de inflação, juros etc, é preciso ser ativo, deixar o paternalismo de lado", finaliza Mariaca.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.