Plano de recuperação financeira é acertado para Sicília--governo

O primeiro-ministro da Itália, Mario Monti, impôs um plano compulsório para restaurar a estabilidade financeira para a endividada região da Sicília e revisou a sua inchada administração pública, afirmou um comunicado do governo nesta terça-feira.

Reuters

24 de julho de 2012 | 10h45

O comunicado, divulgado depois de uma reunião entre Monti e o governador regional Raffaele Lombardo, afirmou que os líderes concordaram com "um plano para recuperação financeira e reorganização da administração pública da região, com um cronograma compulsório e objetivos".

O documento afirmou que os detalhes serão concluídos nas próximas semanas.

Na semana passada, Monti disse que havia sérias preocupações sobre a possibilidade de a ilha autônoma dar calote e afirmou esperar que Lombardo renunciasse ao cargo de governador até o final do mês.

(Reportagem de Naomi O'Leary)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROITALIASICILIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.