finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Plano de recuperação judicial do Grupo Hermes é deferido

A recuperação judicial do Grupo Hermes, por meio de suas empresas Hermes S.A. e Merkur Ltda., foi deferida, no dia 28, pela Justiça do Rio de Janeiro, com fundamento na Lei nº 11.101/05. Tal medida foi adotada pela Administração para viabilizar a reestruturação e a continuidade das empresas, dentro de um novo plano de negócios. O grupo é proprietário do site Comprafacil.com.

EQUIPE AE, Agencia Estado

30 de novembro de 2013 | 11h33

A operação será comandada por Marcelo Gomes diretor-geral da A&M, ao lado de Arthur Negri, novo presidente da empresa, José Luiz Volpini, diretor de operações e André Bucione, diretor financeiro.

A Hermes - terceira maior empresa em vendas por catálogos, atrás apenas de Natura e Avon - possui faturamento anual superior a R$ 2 bilhões, conta com aproximadamente 1.800 funcionários diretos e mais de 500 mil revendedores. A recuperação judicial permitirá que as empresas contem com um período sem que os credores executem suas dívidas, que chegam quase a R$ 600 milhões.

Tudo o que sabemos sobre:
recuperação judicialGrupo Hermes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.