Plataforma Take Blip leva inteligência ao atendimento digital das empresas
Conteúdo Patrocinado

Plataforma Take Blip leva inteligência ao atendimento digital das empresas

União de alta tecnologia e atendimento humano oferece mais eficiência para o relacionamento entre marcas e clientes

Take Blip, Estadão Blue Studio
Conteúdo de responsabilidade do anunciante

22 de julho de 2021 | 09h47

Encantar o consumidor em seu contato com a empresa, seja em qual canal de atendimento for, é excelente para o negócio e também para o cliente. Para isso, torna-se cada vez mais essencial entender bem as demandas e vontades de quem está interessado em determinado produto ou serviço, antecipando comportamentos e necessidades. Nesse sentido, a união de alta tecnologia, análise dos dados e atendimento humano pode proporcionar aproximação e relacionamento verdadeiramente inteligentes.

Para criar essa conexão de forma eficiente e escalável, Take Blip oferece uma plataforma adaptável para transformar positivamente a relação entre marcas e consumidores. A empresa proporciona todo o suporte e tecnologias necessários para que uma marca esteja presente no canal de comunicação preferido pelo consumidor moderno e conectado – o WhatsApp.

A solução de Take Blip está pronta para, de acordo com as necessidades de diferentes negócios, transformar as marcas em verdadeiros contatos inteligentes, proporcionando uma nova estrutura de atendimento. Por meio desse serviço, as marcas passam a estar presentes em múltiplos canais de contato – seja por meio de automação (chatbots), interação humana ou ambos –, otimizando a jornada digital de diversos tipos de públicos da empresa. E mais: os dados capturados nessas relações, tratados e analisados com inteligência, podem ser revertidos a favor de estratégias mais assertivas de negócios, planejamento de operações, oferta de promoções ou novos produtos, e muito mais.

Segundo Roberto Oliveira, CEO e cofundador de Take Blip, o conceito de “contato inteligente”, criado pela empresa, é capaz de compreender toda a jornada de interação e o relacionamento entre o usuário e o negócio. “O importante é estar no canal em que seu cliente está e usar a tecnologia para oferecer uma boa experiência. O que Take Blip propõe para as marcas é conseguir orquestrar pessoas e tecnologia, entregando a melhor experiência ao seu usuário”, explica Oliveira.

O contato inteligente funciona assim: por meio da plataforma Take Blip, as empresas podem atender os clientes em diversos canais – site, chat, app, Facebook Messenger, WhatsApp. Com conhecimento prévio das demandas dos consumidores, por meio da inteligência de dados, a empresa pode oferecer um atendimento muito mais eficiente e personalizado, pois todos os dados sobre um cliente já estarão reunidos na plataforma Take Blip.

Além disso, o atendimento fica mais ágil, e os atendentes trabalham de forma mais produtiva, pois contam com a ajuda da automação nas tarefas repetitivas e podem atender vários clientes ao mesmo tempo.

Uma das grandes apostas, destaca Oliveira, é criar um roadmap de atendimento completo com base em dados do cliente. “Isso ajuda a implementar modelos que podem ser muito úteis na obtenção e aplicação de insights pelos negócios”, diz. “Por exemplo, identificando que 50% dos consumidores falam sobre o mesmo assunto, podemos desenhar essa jornada de forma muito mais eficiente.”

Surge, então, o modelo que o CEO nomeia de “infinity thread”, contemplando o desenho de uma jornada completa de transformação digital – que, nas palavras dele, começa com a “digitalização da comunicação”.

Com esses dados em mãos, a proposta de Take Blip é a de que a marca conheça melhor cada consumidor. “Nós ajudamos não só a entender tudo isso, mas também a automatizar essas interações”, explica Oliveira.

A importância do WhatsApp no atendimento conectado

Um dos termos “da moda” quando se fala de atendimento ao consumidor é a chamada “omnicanalidade” – a possibilidade de os clientes utilizarem, em sua relação com as marcas, diversos meios não só para iniciar o contato, mas para continuar um determinado atendimento.

“Não há necessidade de as marcas construírem uma solução para cada canal. Essa é uma integração que já temos pronta – o contato inteligente presente em todos os locais.” A identificação dos clientes é feita, de acordo com Oliveira, por meio de uma informação que não muda: o número do celular. Isso elimina a necessidade de protocolos individuais para cada momento do atendimento, transformando aquele consumidor em único, não importando qual o canal.

De acordo com Guilherme Dallaqua, head de Alianças Estratégicas de Take Blip, os ganhos são muitos. “Quando falamos em comunicação via WhatsApp de forma híbrida, com automação, inteligência artificial e humanos envolvidos, há ganhos em custos, otimização de processos e tempo de atendimento, aumentando a produtividade do time”, explica ele, ressaltando que 99% dos smartphones em uso no Brasil têm o aplicativo de mensagem instalado.

Ainda, a inteligência artificial, quando aplicada nesses canais para resolver problemas mais complexos, traz uma experiência muito mais relevante e efetiva ao consumidor.

Essa é uma das grandes vantagens de investir em uma plataforma como Take Blip: em vez de as empresas se limitarem a usar a versão Business do WhatsApp, sem a chance de ganhar escala com automações mais profundas, as marcas podem deixar o fluxo de atendimento muito mais estruturado, com chatbots e humanos trabalhando juntos, e permitindo que múltiplos atendentes utilizem o mesmo canal.

O risco de fraudes, ressalta Dallaqua, é reduzido a zero: isso porque a empresa é provedora de solução oficial para o WhatsApp Business API.

Assim, ao utilizar uma plataforma como Take Blip, as empresas conseguem planejar e estruturar uma jornada completa de relacionamento com os consumidores dentro do WhatsApp, abrangendo desde o primeiro contato até uma compra e o pós-venda, integrando os canais de atendimento com as plataformas de e-commerce.

Para saber mais sobre como sua empresa pode se beneficiar do serviço entregue pela plataforma Take Blip, confira os podcasts publicados sobre o assunto.

WhatsApp ganha inteligência no atendimento ao consumidor

Contatos inteligentes na relação cliente-empresa

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.