coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

PMI preliminar de indústria da China cai e indica recuperação fraca

O crescimento no vasto setor industrial da China caiu em abril, à medida que novas encomendas de exportação recuaram, mostrou nesta terça-feira a preliminar do Índice de Gerentes de Compras (PMI) do HSBC, sugerindo que a segunda maior economia do mundo ainda enfrenta enormes obstáculos no segundo trimestre do ano.

KEVIN YAO, Reuters

23 de abril de 2013 | 07h58

O PMI preliminar do HSBC caiu para 50,5 em abril ante 51,6 em março, mas ainda foi mais forte do que a leitura de fevereiro de 50,4.

O subíndice que mede novas encomendas de exportação recuou para 48,6 em abril ante 50,5 em março, refletindo uma demanda global mais fraca, à medida que a recuperação econômica dos Estados Unidos continua frágil e a zona do euro está presa numa recessão.

Os números seguem-se a uma contração inesperada nos pedidos de exportação em março para Taiwan, um dos maiores fornecedores de dispositivos tecnológicos da região, sinalizando que economias dependentes de comércio da Ásia podem estar perdendo força.

As exportações da Coreia do Sul, outra grande fornecedora global da indústria tecnológica, caíram 3,1 por cento nos primeiros 20 dias de abril em relação ao ano anterior.

"As novas encomendas de exportação contraíram depois de uma recuperação temporária em março, sugerindo que a demanda externa para as exportações da China continua fraca", afirmou o economista-chefe do HSBC para a China, Qu Hongbin.

"Pequim deve responder fortemente para sustentar a recuperação econômica, aumentando os esforços para impulsionar o investimento e o consumo domésticos nos próximos meses."

O Fundo Monetário Internacional (FMI) cortou na última terça-feira sua projeção de crescimento global para 3,3 por cento, abaixo da estimativa de janeiro de 3,5 por cento.

Os dados mais recentes do PMI podem ofuscar a recuperação econômica no segundo trimestre, depois de que o crescimento desacelerou inesperadamente para 7,7 por cento no primeiro trimestre ante 7,9 por cento nos três meses anteriores.

A leitura final do PMI industrial do HSBC será divulgada em 2 de maio, um dia depois da publicação do PMI oficial do país.

Tudo o que sabemos sobre:
MACROCHINAPMI*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.