POET prevê produzir 1,5 bi de galões de etanol em 2008

A POET, companhia líder em produçãode etanol nos Estados Unidos, planeja aumentar sua capacidadede produção em pelo menos 25 por cento ao final de 2008, paramais de 1,5 bilhão de galões por ano, sobretudo com aconstrução de novas plantas, disse na segunda-feira seudiretor-executivo. "Ao final do ano, nós ultrapassaremos 1,5 bilhão de galõesem capacidade total de produção", disse Jeffe Broin, duranteuma entrevista ao Summit Global da Reuters de Agricultura eBiocombustíveis. Mesmo assim, a POET deve perder a liderança para a VeraSunEnergy Crop, que ultrapassará a capacidade de produção de 1,6bilhão de galões em 2008, caso a aquisição da US BioEnergyCrop, feita em novembro, seja aprovada. A capacidade de produção de etanol nos EUA subiu para 7,6bilhões de galões anuais, com o crescente interesse nobiocombustível como aditivo da gasolina, após o preço dopetróleo ter se aproximado dos 100 dólares o barrilrecentemente. Uma nova lei de energia assinada pelo presidente George W.Bush, no mês passado, prevê uma produção norte-americana de 36bilhões de galões por ano em 2022. A empresa, baseada no Estado de Dakota do Sul, e queatualmente produz cerca de 1,2 bilhão de galões anuais, temquatro usinas de etanol sob construção e uma outra em expansão,disse Broin durante o evento. A POET, afirmou, planeja construir mais unidades, mas elenão deu nenhum detalhe sobre a capacidade de produção previstapara além de 2008. A companhia também tem cogitado a compra de destilarias jáexistentes, mas até agora nenhuma pareceu atrativa, afirmou oexecutivo. Outros players da indústria tem também sondado aPOET para se juntar à empresa, afirmou Broin, sem dar detalhes. (Reportagem adicional de Timothy Gardner e Matt Daily)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.