Polaroid: preços a partir de R$ 300

Criadora da máquina fotográfica instantânea, há 52 anos, a Polaroid deve trazer, a partir da segunda quinzena de abril, seus primeiros modelos de máquinas digitais, da linha Photomax. Os modelos variam de R$ 300 a R$ 1.000, um preço baixo em relação aos R$ 1.500, em média, das versões da Kodak ou Sony, segundo o presidente da companhia no Brasil, Andrés Ramirez.De acordo com o executivo, a estratégia da companhia foi optar por um equipamento de resolução média, na faixa de 700 mil a 1 milhão de pixels. Ramirez acredita que as máquinas vão atender o principal interesse do público-alvo da empresa, que tem de 15 a 25 anos e quer máquinas digitais para colocar suas fotos na Internet. "A maior definição é importante quando as fotos são impressas. Mas quem quer transferir suas imagens para a rede mundial vai ficar contente com essas máquinas", prevê Ramirez.Lançamento A Polaroid, em parceria com a Olympus, lançará no segundo semestre deste ano uma máquina digital que imprime a fotografia instantaneamente, em um processo de revelação semelhante às tradicionais Polaroids. A nova máquina deve custar cerca de R$ 2 mil.

Agencia Estado,

04 de abril de 2001 | 12h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.